Você está em: Principal → Mídia → Notícias

notícias

01 de julho de 2020

Ministro Marcos Pontes faz lançamento de ensaio clínico em JF com parceria HMTJ/UPA Santa Luzia

O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), o astronauta Marcos Pontes, realizou nesta terça-feira (30), na UPA Santa Luzia, a ação para o lançamento da campanha #500VoluntáriosJÁ para a participação no estudo clínico com o medicamento nitazoxanida.

Utilizando inteligência artificial em testes com 2 mil fármacos, o CNPEM, organização social vinculada ao MCTI, identificou cinco remédios com potencial para combater a replicação do novo coronavírus. Um deles, a nitazoxanida, reduziu em 94% a carga viral em células infectadas "in vitro". Essas duas etapas da pesquisa científica deram suporte para o início dos estudos clínicos com pacientes, a última fase, que busca comprovar cientificamente a eficácia deste remédio no tratamento precoce da COVID-19.

O MCTI precisa envolver 500 pacientes voluntários para que o estudo seja concluído o quanto antes. E o ministro destaca. "Se tivermos esses 500 voluntários participando, hoje, teremos o resultado em 15 dias. Essa é a nossa agonia. Vemos tanta gente morrendo, tantas famílias perdendo pessoas, e temos na mão uma possibilidade. Mas precisamos da participação das pessoas, de ter esse senso de comunidade. Queremos apresentar ao Brasil e ao mundo que este remédio identificado por pesquisadores brasileiros com recursos do governo federal é capaz de combater o vírus e salvar vidas".

Junto com o ministro Marcos Pontes participaram da solenidade para mobilização #500VoluntáriosJÁ, o prefeito de Juiz de Fora, Antônio Almas, o secretário estadual de Saúde, Carlos Eduardo Amaral, e o secretário de Políticas para Formação e Ações Estratégicas do MCTI, Dr. Marcelo Morales, alem do médico coordenador do projeto na cidade, dr. Marcos Moura, do Diretor-Presidente do HMTJ, Marco Antônio Guimarães de Almeida e de parte dos membros integrantes do Conselho Diretivo do HMTJ.

O infectologista Marcos Moura conta com o apoio do Hospital e Maternidade Therezinha de Jesus (HMTJ). Os voluntários serão sensibilizados a partir do Pronto Atendimento da UPA Santa Luzia, que tem gestão do hospital. Dr. Marcos explica que o teste RT-PCR é feito de forma gratuita para quem desejar participar do ensaio. O medicamento também é fornecido pelo projeto."O objetivo final é avaliar a carga viral, os sintomas respiratórios, a taxa de internação hospitalar e os parâmetros inflamatórios num determinado período de tempo, entre o primeiro e o oitavo dia, que abrange a procura inicial e o retorno do paciente com Covid-19, após tratamento com nitazoxanida por cinco dias comparado ao placebo", explica ele.

O paciente voluntário toma a medicação em casa e retorna no quinto dia de tratamento, quando faz nova bateria de exames. Neste prazo, ele tem o suporte assistencial por parte da UPA com orientação e acompanhamento médico.

 

nossas unidades

UPA Nova Serrana


Hospital de clinicas sul - São José dos Campos

Hospital de Clinicas Sul
São José dos Campos

Upa Norte Betim

UPA Norte Betim